Uma parede de lembranças

0 Flares 0 Flares ×

Comecei minha pequena galeria de bobicinhas na parede quando ainda era universitária e dividia um cafofo com dois queridos, a Sandra, minha amiga da vida toda, e o Barcelos, uma criatura muito doce. Que sorte a minha!

Tudo que me agradava visualmente eu colava, pregava, pendurava… De uma casa para outra e dessa para outras tantas, meus objetos queridos mudaram comigo e se juntaram a muitos que vieram depois.

Tem de um tudo: foto do mini querido com direito a camisa do Brasil e pancinha, quadrinhos feitos por amigos fofos e também de brechós e feirinhas, guirlanda arrematada em loja de design, lembrancinhas do ateliê da Lôla, lá no meu amado ‘Ridejanêro’, Pão-por-Deus comprado por uma ninharia, máscaras de antiquário, cabeça de bicho que cavei na internet e até a uma Santinha Rita de pano protegendo a nossa casinha…

É um mundão sem fim de objetos colorindo as paredes e que a cada vez que olho lembro de histórias, momentos, de quem ganhei, onde comprei, como estava o dia, da viagem que fiz, de quanta alegria havia. Enfim, em cada cacarecozinho pendurado tem um pouco da memória da minha vida.

Nada foi comprado em lote, quando entra algo novo é porque me deram ‘de coração’ ou escolhi com muito carinho. Assim, montei uma casa com vida, enchi ela de lembranças e recheei-a de boas histórias.

O meu cantinho tem muita coisa para contar e o seu?

A terceira e quarta fotos são do nosso cafofinho.

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

10 comments

  1. entrevistaseentrelinhas says:

    Ah… que lindo!
    O meu cafofo não tem mtos objetos na parede, não. Mudei mto… e isso me dava preguiça… Mas agora estou disposta a mudar e dar mais vida e personalidade pra minha casa.
    Com certeza vai levar um tempinho… mas assim é que é bom, né? Aos poucos… garimpando, ganhando… descobrindo… eu chego lá!

Deixe uma resposta