Pra quem não tem namorado!

0 Flares 0 Flares ×

Quero desejar um Feliz Dia dos Namorados para todo mundão!

Inclusive, para aqueles que ainda não encontraram o miolinho do seu pão.

Tá achando dura a vida na pistinha?

Abre o pano, então!

12 de junho de 1991:

Gato chega com flores e o ‘Mais’, disco recém lançado da Marisa Monte, olha o relógio impaciente: Fabi, vou comprar um Xis! (Criciúma, tele-entrega e  McDonald’s eram três coisas que não concatenavam)

– O meu, pede sem ervilha.

Um mês depois, eu na sacada à espera do xis e do namorado: será que ele pediu para não botar ervilhas no meu? (Sim, eu era trouxa!)

12 de junho de 1995:

Tentando desdenhar do dia, eu e Sandra, minha eterna bátima, fomos ao boteco que frequentávamos costumeiramente.

Adentramos o recinto – luz de velas, um Legião Urbana muito do mal tocado e um monte de casaizinhos felizes.

E de repente o Romário (garçom) grita lá do fundo: ó, as malucas, hoje é só para casal!

Não sei se me ofendi mais com o legião desafinado, o ‘malucas’ ou o só para casal.

12 de junho de 2000:

Namo chega com um pacote lindo, grande e eu toda serelepe!

Ele: acho que tu vais curtir, serve para lembrar de mim quando eu não estiver por perto.

– É, que massa! É um pôster, um quadro?

– Abre logo.

Abro e dô de cara com um relógio de parede do Palmeiras. Fuén!

– Não gostou?

– Gostei, mas é que nem curto tanto assim futebol…

O cara faz cara de arrasado e enterra a faca no meu peito: foi o que o meu dinheiro pode comprar!

Me abracei ao relógio, disse que era lindo, que o símbolo do Palmeiras era de um verde fantástico… Sério, nunca menti tanto em uma única noite!

No outro dia toca o interfone às 7 da manhã, atendo e são flores, muitas, lindas… e um par de aliança no meio delas.

-Mas eu não quero casar!

-Não, então o que tu tá fazendo comigo?

Póin, póin, póiiinnn

Agora, espiem as imagens bonitinhas de amor e parem de lamentar a falta dele!

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

8 comments

Deixe uma resposta