Livro de decorar

0 Flares 0 Flares ×

Aqui na casinha são muitos, centenas e eles vão além do território do home office, espalham-se pela casa e dão vida à mesas, bancos, cadeiras…

Na sala, os livros de arte, fotografia, música, design, decoração e moda enfeitam  muitos cantinhos que sem eles pareciam não ter vida.

Para decorar, utilizo os de capa dura, lindos, coloridos e selecionados à dedo nas nossas longas idas às livrarias.

Lembramos exatamente de como adquirimos cada um deles, o dia, a cidade, o passeio: tem livrinho que veio da El Ateneo (Buenos Aires), da Cultura (São Paulo), da FNAC (Brasília), da Travessa (Rio), da Catarinense e da Saraiva (Floripa), de sebos e de uma infinidade de lugares.

Nosso amor é tamanho que em uma das salas do cafofo temos uma mesinha só para alguns deles.

Além de dar um charme todo especial à décor, ter livros pela casa dá aquela mãozinha quando você quer ‘viajar’: é só esticar os braços e escolher para qual mundo quer se transportar.

Espalhe pela sua casinha seus livros, coloque-os como apoio de abajur, toys, enfeites… Revele através deles quem você é.

Mostre que sua casa tem a personalidade de quem a habita. Ah, e claro, leia-os!

Essa última parte me fez lembrar uma história bizarra de um arquiteto conhecido. Ele fez um projeto para um cara grana alta e cérebro zero. O dito tinha o desejo de ter uma estante na sala com muitos livros. Só que a criatura não tinha o hábito de lê-los, muito menos de comprá-los.

Sabem qual foi a saída?

Metros de lombadas de clássicos ocos por dentro! Fuén!

Minha gente, é o ó do borogodó do penacho roxo!

Em decoração vale a regra que a gente utiliza para a vida: não tente parecer quem você não é, utilize certos elementos se de fato eles fizerem parte do seu cotidiano ou das suas preferências. Se não, é desastre na certa!

As fotos deste post e quase todos os livros sobre moda foram presentes do Fabrício, aka ‘o querido’ pra quem acompanha o bloguinho.

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Deixe uma resposta