Defino 146, um sopro de charme para o Centro de Floripa

19 Flares 19 Flares ×
Parklet bem em fente ao Delfino 146 é o lugar preferido dos fequentadores do café

Parklet bem em fente ao Delfino 146 é o lugar preferido dos fequentadores do café

  • Texto de Fabi Henrique e Lu de Moraes

Conectar-se com a vida lá fora, experimentar novas formas de convívio social nos espaços urbanos e, de quebra, provar pequenas delícias ao som da vitrola, é o que oferece o mais novo ponto de encontro e conexões de Floripa, o Delfino 146, um café inspirado nos lugares mais acolhedores do mundo. A ideia dos criadores, o arquiteto Abreu Junior, o músico Márcio Costa e o advogado Tiago Rodrigues é tornar o Delfino um lugar que reúna interesses, conecte pessoas, discuta ideias e que também sirva para observar a vida passar mais lentamente.

A proposta arquitetônica é manter a ligação total com a rua e absorver tudo o que acontece na Luiz Delfino, endereço do empreendimento. O espaço ocupa a galeria do Loft Juarez Machado, uma área antes ociosa, agora reativada com o aval dos moradores do condomínio. “O café se abre para a cidade e conta também com o primeiro parklet de Florianópolis – uma mini praça instalada no lugar de uma vaga de carro – projeto deixado como legado pela Bienal Brasileira de Design. Essa inciativa está sendo usufruída não apenas por quem frequenta o café, mas também por moradores da redondeza e por todos que aqui passam, muitos ciclistas e famílias”, explica Tiago.

O Delfino 146 é um exemplo de negócio focado nas interações com as ruas e com o outro, pois as conexões são um ponto forte no café e se refere a novos projetos envolvendo pessoas e profissionais de diferentes áreas e tribos. Segundo Abreu, o café estará aberto para receber eventos, reuniões, apresentar produtos e reunir interessados em desenvolver trabalhos coletivos. E claro, para um cafezinho descompromissado no final do dia. “Idealizamos aqui o que sentimos falta no nosso dia a dia. Toda esta interação acaba movimentando o bairro e os demais estabelecimentos, como galerias e lojas”, completa Márcio.

O atendimento funciona no estilo tradicional, mas há a possibilidade de self service. O clima é aconchegante: a área destinada para biblioteca e o acervo de vinil estão à disposição dos clientes para que se sintam realmente à vontade. No cardápio foram selecionados produtos artesanais como pães, cervejas, geleias, salgados e doces, esses preparados pelos próprios empresários que exploram as receitas tradicionais de suas cidades de origem – Florianópolis, Joinville e Belo Horizonte.

Serviço:

Onde: Rua Luiz Delfino, 146, anexo ao Loft Juarez Machado, centro de Florianópolis

Horário de funcionamento: 

Terça a sexta: 15h às 22h

Sábado: 11h às 18h

Domingo: 15h às 22h

Imagens by: Alex Takaki

 

delfino 18

DELFINO 19

Delfino 20

19 Flares Facebook 19 Google+ 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 19 Flares ×

Deixe uma resposta