Banheiro de aluguel

0 Flares 0 Flares ×

Não é bolinho morar em apê de aluguel. Quando ele tem um banheiro medonho  démodé então… é o horror!

Quando botamos os pés pela primeira vez na casinha que habitamos tudo era tilintar de taças, até abrirmos a porta do banheiro – balcão escuro, espelho horroroso, lava pés do tempo do onça, frisos dourados nos azulejos… Enfim, uma medonhice só! E o pior, nada de grandes mudanças, a casa não é nossa.

Já pensei em pintar os frisos, adesivar os azulejos, tirar o lava pés e colocar um armário gracinha no lugar, mudar o espelho…

Mas por ora a grana é curta e  modificações, mesmo que parciais, custam dindin. Então, a solução foi a mucama aqui rebolar conforme a música e investir nos acessórios: tapetes coloridos, banquinho 1001 utilidades da Tok & Stok, saboneteira engraçadinha e uma boa dose de organização e cor nos apetrechos deixaram nosso rico banheirinho mais feliz e ‘muderno’.

No lava pés, cortei o sistema de ligação da água, coloquei revistas e arrematei com um futon. No armário, enchi de cacarecos divertidos e, para desviar um pouco a atenção dos malditos frisos, arrematei dois banquinhos coloridos que ficam em frente ao vaso e servem de apoio para livros, quadrinhos do querido e  para o nosso abençoado cubo mágico.

No mais, tapetinhos coloridos e boas toalhas de algodão. Porque ser pobre  financeiramente desprivilegiada tudo bem, agora… toalha rasgada que arranha o corpo e se esfarela pelo banheiro é a decadência total, né meu povo?

Mas a ideia de fazer as mudanças ‘lindjas’ não abandonaram minha cachola. Vocês ainda verão do que eu sou capaz!

Saca só o que eu achei na Casa de Colorir:

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

4 comments

  1. Cíntia Teixeira says:

    Sério, tu és muito boa nisso. Bóra passar orçamentos! E o teu banheiro é praticamente idêntico ao meu, só que o da moça aqui não tem o famigerado bidê. Vou me inspirar (sim, tbem sofro do mal do aluguel, não rola fazer mta coisa).

Deixe uma resposta