Amarelo é ouro!

0 Flares 0 Flares ×

Gosto de amarelo, fato. 

E isso não tem nada a ver com eu ser leonina, solar, aparecida e blá, blá, blá… Simplesmente curto e acho que a cor tem tudo a ver com lares aconchegantes, fofos e ousados.

Mas como cheguei a esse post? Em menos de duas semanas duas queridas me confessaram que amam amarelo: a Ju, que quer nas portas a cor dos girassóis e a Marcele, que prefere na parede e no novo móvel da TV.

Minha vibe amarelona ficou ainda mais forte ao bater o olho numa revista e ver que a chicona Danuza Leão mora num apê lindo e todo trabalhado no amarillo. Ela é leonina também e blá, blá, blá…

Aqui no cafofo o amarelo se faz presente em quase todos os cantinhos: no nicho acima da TV, no pôster do Kill Bill e na mesa de canto da sala de estar; na luminária da sala de jantar; nos filetes dos armários e na luminária da cozinha; no banquinho e futon do banheiro e nas almofadas do quarto.

Só fui me dar conta da minha predileção pela cor agora, observando o nosso mocó e constatando que o amarelo é  disparada a cor que se faz presente na maior parte dos cômodos e no meu coração. Tá, tem o branco. Mas branco não é cor, bobinhos!

Se vocês ainda não se convenceram a amarelar geral, roubei saquei o texto abaixo, não lembro de onde, que explica a influência dessa cor na nossa vida. Só tô um pouco em dúvida quanto a parte da riqueza e acho melhor dar um tempo para os cacarecos amarillos no cafofo, antes que eu fique mais histérica do que já sou ou que a minha gastrite vire uma úlcera!

O amarelo aumenta a nossa capacidade intelectual, aumentando a assimilação da sabedoria através da lógica e da razão. O amarelo também inspira a expansão da riqueza, abundância. Traz o sentimento de “estar vivo”, otimismo. Proporciona esclarecimento, discernimento e afasta o medo. O seu excesso pode causar confusão mental, podendo gerar um sentimento de “fora do ar”. Pode também gerar histeria, palpitações do coração, diarréia, inflamação aguda, gastrite, úlcera, portanto para estados já instalados destas doenças é contra indicado o seu uso.

Dica: não vá me transformar a sua casa em uma grande espiga de milho, brinque somente com alguns pontos de luz (amarelo) pelos cantinhos!

*Na última foto os toques de amarelinho no cafofo: no nicho sobre a TV, no cabelo do Andy, na mesinha lááá no fundo, na pontinha da luminária à direita…

Vai me dizer que tem mais vermelho? É só na sala, tolinhos!

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

6 comments

Deixe uma resposta